Balão Intragástrico

O tratamento contra a obesidade com o Balão Intragástrico é um aliado de quem quer e/ou precisa emagrecer com saúde, passando por uma reeducação alimentar e dos hábitos.

Há dois tipos de prótese de Balão:

  • 1 – “Reajustável”, da marca SPATZ (9 meses a 1 ano).
  • 2 – “Tradicional”, da marca Orbera (6 meses) 

O seu médico é o único profissional capacitado a lhe orientar sobre qual prótese é a mais indicada no seu caso. Agende uma consulta e alcance seus objetivos!

Leia mais abaixo sobre os dois tipos de próteses!

 

 

1 – Balão Intragástrico Reajustável SPATZ

O Balão Intragástrico Spatz3, é uma evolução do Balão tradicional e atualmente é um dos mais modernos do mundo.

O tempo de tratamento com esse Balão é de 9 meses, o que confere ao paciente um período maior para perda de peso e reeducação alimentar.

O Balão Spatz3 é REAJUSTÁVEL, ou seja, é possível aumentar e diminuir o volume do balão durante o tratamento. Assim, pacientes que na fase de adaptação apresentem vômitos excessivos, podem ter o volume do seu balão reduzido de modo a evitar a retirada precoce do mesmo.

Aos 6 meses de tratamento, o volume do balão pode, caso necessário, ser aumentado, levando ao aumento do efeito do balão (o balão volta a ter um efeito semelhante ao do início do tratamento), o que pode levar a uma maior perda de peso. O tratamento com esse balão, no restante, apresenta as mesmas características e os mesmos mecanismos de ação dos balões convencionais.

Esse tratamento é ideal para pacientes com graus maiores de obesidade (graus II e III) que irão necessitar de um tratamento mais prolongado, para pacientes que já usaram o balão intragástrico previamente e desejam usar novamente, bem como para pacientes que já se submeteram à cirurgia plástica de abdominoplastia. A Endogastro possui uma equipe altamente qualificada para realizar o tratamento com este moderníssimo balão.

popup-spatz

 

 

2 – Balão Intragástrico Tradicional ORBERA

O Balão Intragástrico é um tratamento endoscópico de combate à obesidade. Esse método consiste na colocação de uma prótese de silicone em formato de esfera, preenchida por água e azul de metileno, a qual é inserida no estômago do paciente. As próteses comportam um volume entre 400 a 700 ml, com o volume determinado de acordo com a necessidade identificada para cada paciente.

foto-balao

O procedimento com Balão Intragástrico não é cirúrgico, portanto não envolve anestesias e cortes. A prótese é colocada e retirada por meio da endoscopia com pronta recuperação, e alta imediata.

O processo de ação

  • O Balão ocupa até 70% do volume do estômago, reduzindo de maneira muito considerável o espaço disponível para alimentos líquidos e sólidos dentro do órgão.
  • O Balão proporciona a sensação de saciedade por um tempo maior, pois se localiza no fundo do estômago causando a distensão do órgão. Esse movimento estimula os receptores que transmitem para o cérebro a sensação de saciedade fazendo com que o “balonado” (definição para os pacientes que colocam o Balão) sinta-se como se tivesse acabado de comer; saciado e sem fome.
  • O Balão retarda o esvaziamento gástrico, pois reduz o ritmo da passagem de comida do estômago para o intestino. Isso faz com que o alimento fique por muito mais tempo no estômago, proporcionando sensação de saciedade por um tempo bem maior.

 

Com o Balão Intragástrico a sensação de fome é diminuída e a saciedade aumentada. Com esse método, a ingestão de pequenas quantidades de comida é suficiente para satisfazer o usuário, e a sensação de saciedade dura mais tempo.

 

Indicação e duração do tratamento

O tratamento é indicado para pacientes com sobrepeso (IMC acima de 27) ou obesidade (IMC acima de 30), com ou sem doenças relacionadas ao excesso de peso, e que já tenham tentado diversos tipos de tratamentos clínicos para emagrecer, sem sucesso.

O tratamento também é indicado para pessoas obesas que irão se submeter a algum tipo de cirurgia, pois o balão auxilia na perda de peso e, consequentemente, reduz de maneira considerável o risco cirúrgico.

O tempo de duração desse tratamento é de seis a nove meses, dependendo da prótese utilizada.

Após esse período, ele deve ser retirado. Contudo, esse tempo é variável e pode ser mais curto, caso o paciente consiga atingir o objetivo traçado junto ao médico antes do prazo máximo de permanência da prótese.

Após a retirada da prótese, é indicado que o tratamento tenha continuidade por pelo menos mais um ano com o acompanhamento de nossa equipe multidisciplinar.

foto-balao-2

Dúvidas

Qual é o custo do tratamento?

Praticamos valores totalmente compatíveis com mercado, principalmente em se tratando de uma equipe com uma das maiores experiências mundiais neste tratamento, e oferecemos várias opções e planos de parcelamento. Entre em contato conosco para adquirir maiores informações!

Qual o tipo de anestesia usado no procedimento?

O tipo de anestesia usado é a sedação. Por se tratar de um tratamento endoscópico, não há necessidade de uma anestesia mais profunda. Por esse motivo, o tratamento oferece baixíssimo risco!

O tratamento é definitivo?

O tratamento é definitivo desde que haja a conscientização do paciente e uma verdadeira mudança nos hábitos alimentares e no estilo de vida. A reeducação alimentar e a inclusão da prática de atividades físicas na rotina são essenciais para o sucesso duradouro dos resultados com o Balão.

Quais são as vantagens do tratamento com o balão?

Entre as diversas vantagens oferecidas pelo método, estão:

– É um método temporário e oferece baixíssimo risco, uma vez que não é invasivo. Problemas comuns a procedimentos cirúrgicos, tais como complicações com anestesia, cortes, cicatrizes ou riscos de infecções, hemorragias e infecções hospitalares são nulos com o uso do Balão Intragástrico. Por isso, o índice de complicações é baixíssimo e a recuperação costuma ser extremamente rápida.

– Durante o período de tratamento o paciente adquire novos hábitos alimentares; melhores e mais saudáveis. Após a retirada do Balão, esses novos hábitos (reeducação alimentar) serão essenciais para que o paciente mantenha uma alimentação saudável e consiga permanecer com os bons resultados alcançados.

– O método promove emagrecimento fisiológico, natural, sem uso de medicamentos para emagrecer, cujos malefícios e efeitos colaterais já foram amplamente discutidos na mídia.

– O método é ideal para pacientes que estão acima do seu peso, mas não têm indicação cirúrgica ou não desejam se submeter a um procedimento mais invasivo.

Qual o risco do balão estourar?

O Balão não estoura. Há um risco mínimo de vazamento do líquido para fora do balão. Esse líquido possui um corante azul, que não prejudica em nada a saúde do paciente, e serve justamente para sinalizar problemas de vazamento. Assim, o paciente notará que a cor de sua urina e/ou fezes estará alterada, apresentando uma coloração azulada.

Caso isso ocorra, o paciente deverá entrar em contato com seu médico imediatamente, para que o balão seja retirado e outro balão possa ser reinstalado. Contudo, as ocorrências de vazamento são muito baixas e as chances de que esse problema ocorra, muito remotas.

Qual a estimativa de perda de peso?

O paciente balonado perde em média 20% do seu peso inicial, podendo ser mais (caso siga à risca as orientações) ou menos (caso não siga corretamente as orientações). No entanto, é importante lembrar que o comprometimento do paciente com o processo, por meio da reeducação alimentar e da prática de atividade física, é essencial para que os objetivos traçados sejam alcançados. A perda de peso é diretamente proporcional ao grau de engajamento do paciente no tratamento.

Quais são as possíveis complicações?

O tratamento é muito seguro e complicações mais graves são raras. Enjoos e vômitos são as principais complicações. Contudo, entre três e cinco dias após a colocação do balão, o organismo já está adaptado, e as náuseas tendem a desaparecer. Após esse período, a medicação pode ser interrompida.